Governo de Goiás

Superintendência de Vigilância em Saúde

Procure o que você precisa:
Sexta, 20 de Setembro de 2019
Notícias
Evento PoeMAS em Goiás avaliará impactos da produção extrativa mineral na sociedade e no meio ambiente
15/08/2019 13h00 - Atualizado em 15/08/2019 13h11

 

A saúde do trabalhador na mineração será objeto de análise e avaliação durante o I Seminário do PoEMAS em Goiás – Mineração, Pesquisa e Extensão,numa parceria da SES por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa) com o Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual de Goiás – Campus Cora Coralina, e demais instituições parceiras. O evento acontecerá nos dias 19 e 20 de agosto, em dois momentos: dia 19 em Goiânia e dia 20 na Cidade de Goiás. Terá a participação do Professor Bruno Milanez, coordenador do Grupo PoEMAS – Política Economia Mineração Ambiente e Sociedade da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) que é referência em pesquisas da mineração no Brasil.

A participação do Professor Bruno Milanez contribuirána condução e atualização de 30 técnicos da saúde, além de representantes dos trabalhadores, estudantes e pesquisadores, para analisar e avaliar os impactos que as redes de produção associadas à indústria extrativa mineral geram para a sociedade e para o meio ambiente. Na oportunidade também será feita ampla discussão sobre pesquisa e extensão dos vários setores com o objetivo maior de se evitar desastres catástrofes como as ocorridas em Mariana e Brumadinho, Minas Gerais.

MINERAÇÃO

A mineração é uma das atividades econômicas de exposição à sílica além da fabricação de cimento, de tijolos de cerâmica, lapidação de pedras, metalurgia e construção civil. A mineração pode ser de minerais metálicos como nióbio, ferro, ouro, fosfato, níquel e pedras preciosas ou de minerais não metálicos como calcário para uso agrícola, e para fabricação de cimento.

A silicose é um dos agravos prevalentes na mineração onde 58% da população trabalhadora está diretamente exposta. Tal atividade acumula ainda outros riscos como ruído, queimadura de exposição solar, acidentes de queda de altura e de colisão entre os caminhões, de explosão e sobrecarga pela jornada de trabalho e pelo trabalho noturno.

Quanto à percepção de risco nos trabalhadores da mineração, muitos deles entrevistados reconhecem os riscos referentes ao trabalho, e além dos riscos de poeira, calor, ruído, vibração, produtos químicos, radiação solar, desmoronamento, soterramento, atropelamento, postura e levantamento de peso, foram citados os riscos com animais peçonhentos, de explosão, prensamento de membros, torção, queda do mesmo nível e tropeçar nas pedras soltas das pilhas de rejeitos.

PoEMAS

O Grupo Política, Economia, Mineração, Ambiente e Sociedade (PoEMAS) surgiu a partir da necessidade de compreender o papel social, econômico e ambiental da extração mineral em escala local, regional e nacional. O grupo é composto por pesquisadores e alunos com formações diversas e utiliza conhecimentos da economia, da geografia, da sociologia e das políticas públicas para analisar e avaliar os impactos que as redes de produção associadas à indústria extrativa mineral geram para a sociedade e para o meio ambiente. Além de pesquisas acadêmicas, o grupo também realiza atividades de extensão. Para tanto, desenvolve parcerias com organizações não-governamentais, movimentos sociais, sindicatos e comunidades que debatem ou sofrem efeitos das atividades extrativas minerais. Essas parcerias objetivam contribuir para um entendimento crítico sobre o desenvolvimento econômico baseado nos recursos minerais. Atua na linha de pesquisa sobre: Território e movimentos sociais, Produção do Minério de Ferro, Produção do Alumínio, Políticas públicas e mineração, Modelos de desenvolvimento e inserção internacional.

O Professor Bruno Milanez possui graduação em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1999), mestrado em Engenharia Urbana pela Universidade Federal de São Carlos (2002) e doutorado em Política Ambiental - Lincoln University (2006). Atualmente é professor no programa de Pós-graduação em Geografia e no Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica da Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem experiência na área de Política Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação dos impactos da cadeia minero-metalúrgica, conflitos socioambientais e capacidade ambiental.

Contatos:

- Professor Ricardo/\UEG - 62 999849434

- Larissa Santhomé-técnica da Coord Vigilância em Saúde do Trabalhador - 62 996287466

- Nádia - coordenadora Vigilância em Saúde do Trabalhador – 62 982702111

(https://www.ufjf.br/poemas/)

Avenida 136, Qd. F-44 Lts. 22 e 24, Edifício César Sebba, Setor Sul, CEP 74093-250 - Goiânia/GO

© Copyright 2012. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento