Governo de Goiás

Superintendência de Vigilância em Saúde

Procure o que você precisa:
Sexta, 20 de Setembro de 2019
Notícias
CONTAMINAÇÃO DO SOLO “PROJETO BENZENO”
26/06/2019 14h27

O “Projeto Benzeno” iniciado em 2015, realizado pelas Coordenações de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador/GVSAST/SUVISA/SES-GO foi elaborado para diagnosticar problemas estruturais dos postos, diagnóstico da  saúde dos trabalhadores e a percepção de riscos da população circunvizinha, referente  aos sinais e sintomas do benzenismo. São realizadas orientações aos trabalhadores sobre os riscos à saúde, prevenção e diagnóstico, exames médicos e formas de minimizar a exposição aos compostos orgânicos voláteis (BTEX), sendo que o benzeno é comprovadamente  cancerígeno (Leucemia). Em 2016 uma equipe formada por profissionais do estado e municípios das áreas de saúde ambiental, do trabalhador, vigilância sanitária e meio ambiente iniciaram o Projeto em Anápolis com amostras de 12 postos. O projeto já foi concluído em Anápolis, Formosa, Aparecida de Goiânia e está em andamento em Ceres e Goiânia. Após a conclusão de cada projeto é realizada uma Reunião Pública juntamente com o MPT (Ministério Público do Trabalho)para apresentação dos resultados e os problemas encontrados, com: problemas estruturais, descarte inadequado de resíduos, equipamentos sem manutenção, e tanques subterrâneos com mais de vinte anos de uso. Estima-se que o número de postos com vazamentos no Brasil variam de 20% a 30%. Também são apresentados problemas referentes a trabalhadores como a utilização de flanelinhas, desconhecimento dos trabalhadores sobre a legislação pertinente às suas funções e população vizinha aos postos que normalmente ignoram os riscos que esse tipo de atividade pode causar à sua saúde e ao meio ambiente.

Denuncias Vigilância Sanitária de Goiânia

fone: 3524-3523

e-Mail: vigilancia.diretoria.gyn@gmail.com

Avenida 136, Qd. F-44 Lts. 22 e 24, Edifício César Sebba, Setor Sul, CEP 74093-250 - Goiânia/GO

© Copyright 2012. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento