Governo de Goiás

Superintendência de Vigilância em Saúde

Procure o que você precisa:
Sexta, 24 de Maio de 2019
Notícias
Trabalhadores de saúde são chamados a se vacinarem contra a Influenza
22/04/2019 11h20 - Atualizado em 29/04/2019 08h10

Em Goiás fazem parte deste grupo 198.053 pessoas. Crianças, gestantes e mulheres até 45 dias após o parto que ainda não se vacinaram também devem procurar um dos postos

A Campanha de Vacinação contra a Influenza entra em sua segunda etapa com o propósito de vacinar os trabalhadores de saúde que estão em atividade nas redes pública, filantrópica e particular de saúde. Os componentes desta categoria de profissionais, na qual estão incluídos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, fisioterapeutas, técnicos de radiologia, entre outros, devem procurar um posto de saúde entre os dias 22 e 26 de abril para receber a vacina contra Influenza.

Os profissionais de saúde estão incluídos no rol dos grupos prioritários pela natureza do trabalho que exercem, pois em virtude de estarem em contato direto e indireto com pacientes, são mais suscetíveis a contraírem a doença causada pelo vírus Influenza. Em Goiás, conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), fazem parte deste grupo 198.053 pessoas.

Apesar da campanha de vacinação estar direcionada aos trabalhadores da saúde nesta segunda fase, a coordenadora de Ações em Imunizações da SES-GO, Joice Dorneles, faz um alerta para a necessidade da vacinação das gestantes, puérperas e crianças de 6 meses a 5 anos que ainda não se imunizaram contra a doença. Essas pessoas fazem parte do grupo prioritário convocado a receber a vacina na primeira fase da campanha, que teve início no dia 10 de abril.

Os últimos levantamentos da SES-GO, feito a partir das informações repassadas pelas Secretarias Municipais de Saúde, apontam que apenas 19,58% (14.049) gestantes em Goiás se vacinaram, já a vacinação para as puérperas alcançou até o momento 22,72% da meta (2.675) e 13,89% para crianças entre 6 meses e 5 anos, totalizando 98.842 crianças.

A Campanha de Vacinação contra a Influenza prossegue até 31 de maio. Em Goiás, a meta é imunizar 90% de um contingente composto por 1.830.408 pessoas que integram os grupos prioritários. O Dia “D” da vacinação, no qual todos os grupos prioritários podem se vacinar, vai acontecer simultaneamente em todo o País no dia 4 de maio.

Joice Dorneles destaca que a infecção pelo vírus da Influenza afeta o sistema respiratório. É altamente transmissível e sujeita a se transformar em epidemias sazonais. “A vacina reduz as internações, as complicações e mortes decorrentes das infecções pelo vírus da influenza”, acentua.

 

TOME NOTA

Trabalhadores de Saúde – São todos os profissionais que atuam em postos, clínicas, hospitais e demais estabelecimentos de saúde das redes pública, filantrópica e particular.

 

CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO

• 22/04 a 26/04: Trabalhadores da Saúde

• 29/04 a 03/05: Idosos

• 04/05: Dia “D” TODOS OS GRUPOS PRIORITÁRIOS DA CAMPANHA

• 06/05 a 10/05: Comorbidades

• 13/05 a 17/05: Professores

• 20/05 a 31/05: Todos os grupos prioritários da campanha, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional

• Indígenas: Durante todo o período de campanha

 

A CAMPANHA EM NÚMEROS

Postos de vacinação fixos – 907

Pessoal envolvido – 1.814

Viaturas/embarcações – 280

Horário de funcionamento dos postos – 8 horas às 17 horas

Meta – 90% dos grupos elegíveis para a vacinação, o que representa aproximadamente 1.647.367, da população total 1.830.408

Doses – 1.976.900

 

Maria José (texto) e Erus Jhenner (foto), da Comunicação Setorial

Avenida 136, Qd. F-44 Lts. 22 e 24, Edifício César Sebba, Setor Sul, CEP 74093-250 - Goiânia/GO

© Copyright 2012. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento